ELVIS: A mensagem viva

ELVIS; 40 anos de eterno canto

A Terra passará, mais céus virão,
Disse Jesus aos seus, há tempo tanto
Que o tempo apagaria, no entanto
Jamais minhas palavras passarão;

Outros passaram, mais se apagarão
Na poeira do tempo, que entretanto
Já apagou e apagará enquanto
Ali seus parcos dotes arderão.

Elvis passou, do mundo sim, porém
Jamais do etéreo evento passará
Que a história imortaliza, pois também

É mensageiro da Verdade, está
Do canto vivo em cada um que vem
Ouvir seu canto eterno, que será.

Antonio Carneiro (Bélier)
V.N.Gaia – Porugal
16/08/2017

Standard

EPOPÉIA MAIOR

EPOPÉIA MAIOR
Vida e ensinamentos de Jesus – em metro

Os ensinamentos de Pela – XXXVI

O Pai e seu Reino VIII
(Segundo o L.U.: Doc. 170)

Há de ainda o homem perceber
Para fugir à escravidão terrena,
Ou mesmo por senti-la mais amena,
Quando em tal condição permanecer,

Que a posse de alguns dons o seu viver
Da nova vida que antevê, serena,
Com o jaez de liberdade plena
Do espírito, é fulcral desenvolver:

Primeiro, a posse de uma audaz coragem
E de espiritual poder crescido
Para ansiar da vida eterna alagem

Que o levará rumo ao desconhecido
Com Fé inabalável na bagagem
De que ao Reino do Pai terá partido.

Antonio Carneiro (Bélier)
V.N.Gaia – Portugal
14/08/2017

Standard

A página da AFE na Europa

A página da AFE na Europa
(Poemafeano.wordpress.com)

Ferroviária 0X2 Mirassol
(Poema AFE 571)

Objetivo secundário?

Desde a primeira parte se notava
Do Mirassol um certo ascendente
Na Arena da Fonte em que por frente
Tinha a anfitriã que visitava;

Logrou marcar logo à segunda e estava
Organizado assaz, mais consistente,
Um penalty perdido deu-lhe mente
A bisar a conquista qual buscava.

O treinador afeano diz que a meta
É montar uma equipe para a luta
Do “Paulistão”, porém do rumo afeta

Esta prova uma vaga na disputa
De lide nacional, bem mais repleta
De ambições a um porvir ao que a discuta.

Antonio Carneiro (Bélier)
V.N.Gaia – Portugal
11/08/2017

ET: Reiteramos novamente nossa opinião: É muito mais fácil conquistar uma vaga na série D do Nacional através desta copa paulista do que via “Paulistão”, torneio assimétrico e com nível de exigência muito maior. Ou será que a disputa de um campeonato em âmbito nacional é um objetivo secundário?
Salvo melhor juízo, pois claro…

Standard